Assessoria de Imprensa

Análise do Brasileirão: goleiros tiveram desempenho regular, afirma coordenador da Fechando o Gol


Com um saldo 866 gols durante os jogos do Brasileirão, o técnico em treinamento de goleiros, Felipe Rodrigues, acredita que teve muito improviso nas defesas dos goleiros
Cliente: 
Fechando o Gol
Análise do Brasileirão: goleiros tiveram desempenho regular, afirma coordenador da Fechando o Gol

As vésperas dos últimos jogos do Brasileirão que definirão qual o time que levará a taça do campeonato 2010 já começam a aparecer às estatísticas das melhores defesas, o melhor jogador, bem como o saldo de gols realizados. Nesse campeonato, a bola foi enviada para dentro da rede, com bolas paradas, pênaltis, escanteios e faltas por quase 900 vezes.

Embora, o número de gols seja considerável, segundo Felipe Rodrigues, coordenador-técnico da academia Fechando o Gol, especializada no treinamento e capacitação de goleiros, é preciso analisar a grandiosidade do campeonato. “São 20 times, disputando o titulo em 38 rodadas. O saldo foi até razoável para os goleiros, pois tivemos excelentes defesas, mas não podemos esquecer que o futebol foi criado, antes de tudo, para fazer gols e cada time sempre fará o possível para que a bola entre na rede do adversário”, complementa Rodrigues, que é responsável pelo treinamento técnico de 120 alunos.

Para o coordenador, o número ainda é outro sinal da realidade dos goleiros brasileiros. “Até agora podemos considerar um campeonato com desempenho regular para os defensores da bola. Ou seja, eles, na medida do possível, conseguiram fazer boas defesas e até respeitaram as técnicas, mas é possível ainda aperfeiçoá-las, pois qual o profissional que não necessita em certo momento de um aprimoramento de técnicas?”, indaga Felipe Rodrigues.

Para ele, mesmo com tanta técnica repassada aos goleiros por seus preparadores, no campeonato, muitas defesas, foram realizadas defesas com movimentos adaptados. “Eram situações de jogos que exigiram a adaptação dos movimentos por alguns goleiros para defender uma bola desviada ou até uma muito rápida. Tivemos muitas situações que o goleiro estava com a visão da bola encoberta pelos jogadores e as defesas foram realizadas com improviso, mas isto não impediu que tivéssemos vários shows de defesa”, complementa Felipe que há mais de 10 anos atua com futebol.

Rodrigues afirma que o campeonato foi marcado por defesas espetaculares, como as realizadas pelo Júlio César do Corinthians, o Neto do Atlético Paranaense, Renan do Atlético Mineiro, Rogério Ceni do São Paulo, Victor do Grêmio e o Jefferson do Botafogo. “Tivemos excelentes defesas destes esportistas, eles conseguiram reproduzir em campo, sob a pressão dos torcedores e da equipe o que esperamos de um bom goleiro”, finaliza o coordenador.
 

Depoimentos

“Acho o trabalho da Ato Z bárbaro. Os profissionais têm muito cuidado com os clientes. Nos tratam com amizade, cuidado e carinho. É uma parceria que funciona...

Leandro Montesino

do MMeilus Studio

Notícias

Assessoria de imprensa gera autoridade para profissionais e empresas que desejam ser referência
A autoridade cria uma distinção entre você e o restante do mercado. De quem as pessoas querem comprar?
Saiba Mais
Sua empresa tem planejamento para 2017?
Conteúdo e relacionamento estratégicos podem tornar sua marca referência nacional
Saiba Mais
Cia de Franchising é o novo cliente da Ato.Z Comunicação Inteligente
Assessoria de imprensa nacional e produção de conteúdo
Saiba Mais
45 DIAS FREE. BLACK WEEK: PACOTE DE PRODUÇÃO DE CONTEÚDO PARA UM ANO
A sua marca precisa de conteúdo estratégico?
Saiba Mais
Assessoria de imprensa para atuação nacional Assessoria de imprensa para expansão de redes de franquias
Assessoria de imprensa estratégica para atuação nacional
Saiba Mais

Newsletter

Receba novidades sobre o mercado de comunicação empresarial e sobre a Ato Z Comunicação. Cadastre-se!