Assessoria de Imprensa

Mobilização Contra Malária é lançada oficialmente em Brasília


Campanha atingirá mais de 450 mil famílias e terá três fases, distribuição de mosquiteiros e cortinados, realização de diagnóstico rápido e tratamento completo
Cliente: 
Mobilização Contra Malária
Mobilização Contra Malária é lançada oficialmente em Brasília
A Mobilização Contra Malária, que acontecerá em seis estados da região norte do país: Amazonas, Acre, Amapá, Tocantins, Pará, Rondônia e Roraima, foi lançada nesta segunda-feira (5) pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e pelo secretário de Vigilância em Saúde, Jarbas Barbosa. Além de mostrar as novas ações, foram apresentados os números que apontam para a redução de 31% de casos da malária no primeiro semestre de 2011.
 
Durante o evento, com cerca de 40 convidados, entre prefeitos, representantes municipais e estaduais, foram apresentadas as estratégias que devem ser adotadas nas esferas municipais para que sejam reduzidos os números dos casos de malária nos 47 municípios desses seis estados, onde o projeto atuará intensamente. “Estamos animados e até 2015 vamos reduzir mais os casos de malária. Queremos que diminua em 50% o número de casos, mas precisamos da cooperação de todos”, complementa o ministro.
 
Para complementar as ações na comunidade e levar informações sobre malária à população, foi realizada uma campanha de comunicação que atingirá as 450 mil famílias moradoras dos municípios e seguirá as três fases: prevenção com uso de mosquiteiro/cortinado impregnado de inseticida, diagnóstico rápido e tratamento da malária completo e que também foram apresentadas aos participantes, após a coletiva.
 
 Além do uso dos mosquiteiros e cortinados todas as noites, Jarbas Barbosa, ainda ressalta a importância da população em procurar atendimento em saúde ao surgirem os primeiros sintomas da malária, como previsto na campanha.  “A orientação é que em caso de febre, um dos primeiros sintomas da malária, esta pessoa busque o atendimento e comece a tomar medicamentos com a máxima urgência”, explica o secretário.
 
 No evento, ainda estavam presentes os representantes da Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT - HDV) e da Fundação de Medicina da Universidade de São Paulo (FFM), entidades realizadoras do projeto que contou com o patrocínio do Fundo Global da Luta Contra Aids, Tuberculose e Malária. Estiveram presentes também os dirigentes da CONASS (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) e do CONASEMS (Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde) e da OPAS (Organização Pan-Americana de Saúde). 
 
 Avanços no combate à malária:
 
 - Segundo o Ministério da Saúde,  já ocorreu a diminuição de 31% dos casos da doença. De janeiro a junho de 2011 foram notificados 115.798 casos da doença e este número em 2010, no mesmo período, era de 168.397. 
 
 - Serão distribuídos 1.100.000 (um milhão e cem mil) Mosquiteiro/cortinados Impregnados com Inseticidas de Longa Duração (MILDs).
 
 - 500 mil testes de malária serão disponibilizados para que sejam realizados exames em pessoas moradoras de comunidades mais afastadas da Amazônia brasileira.
Mobilização Contra Malária
 
O projeto tem o patrocínio do Fundo Global de Luta contra AIDS, Tuberculose e Malária e realização da Fundação Faculdade de Medicina (FFM), Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD) por meio da Unidade Técnica do Projeto (UT) e do Ministério da Saúde. 
 
 Municípios prioritários: 
 
 Acre: Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Plácido de Castro e Rodrigues Alves;
Amazonas: Atalaia do Norte, Autazes, Barcelos, Borba, Careiro, Coari, Guajará, Humaitá, Iranduba, Itacoatiara, Lábrea, Manacapuru, Manaus, Manicoré, Novo Aripuanã, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, Santa Isabel do Rio Negro, São Gabriel da Cachoeira e Tabatinga;
Amapá: Oiapoque e Porto Grande;
Pará: Itaituba, Anajás, Jacareacanga, Pacajá, Itupiranga, Novo Repartimento e Tucurui;
Rondônia: Alto Paraíso, Buritis, Campo Novo de Rondônia, Candeias do Jamari, Cujubim, Guajará-Mirim, Itapuã do Oeste, Machadinho D’Oeste, Nova Mamoré e Porto Velho.
Roraima: Bonfim, Cantá, Caracaraí e Rorainópolis.

Depoimentos

“Acho o trabalho da Ato Z bárbaro. Os profissionais têm muito cuidado com os clientes. Nos tratam com amizade, cuidado e carinho. É uma parceria que funciona...

Leandro Montesino

do MMeilus Studio

Notícias

Assessoria de imprensa gera autoridade para profissionais e empresas que desejam ser referência
A autoridade cria uma distinção entre você e o restante do mercado. De quem as pessoas querem comprar?
Saiba Mais
Sua empresa tem planejamento para 2017?
Conteúdo e relacionamento estratégicos podem tornar sua marca referência nacional
Saiba Mais
Cia de Franchising é o novo cliente da Ato.Z Comunicação Inteligente
Assessoria de imprensa nacional e produção de conteúdo
Saiba Mais
45 DIAS FREE. BLACK WEEK: PACOTE DE PRODUÇÃO DE CONTEÚDO PARA UM ANO
A sua marca precisa de conteúdo estratégico?
Saiba Mais
Assessoria de imprensa para atuação nacional Assessoria de imprensa para expansão de redes de franquias
Assessoria de imprensa estratégica para atuação nacional
Saiba Mais

Newsletter

Receba novidades sobre o mercado de comunicação empresarial e sobre a Ato Z Comunicação. Cadastre-se!